Como Fazer Uma Boa Síntese

Você sabe como fazer uma boa síntese? Muitos alunos possuem dúvidas na hora de sintetizar obras, como artigos e livros. Alguns podem até mesmo confundir a síntese como o resumo, já que são gêneros muito parecidos.

A síntese pode ser usada inclusive para estudar para o vestibular e Enem. Ao fazer uma síntese de qualidade você será capaz de fixar qualquer conteúdo de maneira rápida.

Nesse guia vamos mostrar como fazer uma boa síntese passo a passo. Dessa forma você poderá escrever um trabalho acadêmico com muito mais facilidade e garantir uma boa pontuação na hora da avaliação. 


O que é a síntese?
A síntese nada mais é do que um pequeno resumo, com as principais informações de um texto principal. Mas atenção, fazer uma síntese é diferente de fazer um resumo. Por exemplo, a síntese costuma ser muito mais pequena, por trazer apenas o extremamente essencial.
Por isso, na hora de fazer uma síntese o aluno deve ser muito objetivo e direto. Nada de usar frases ou expressões desnecessárias. Aqui o foco deve ser em apresentar apenas ideias, conceitos e argumentos centrais.

Tipos de síntese
Existem ao todo três tipos de síntese: a argumentativa, a crítica e a explicativa. Cada um desses tipos exige uma abordagem diferente na hora de criar o texto. Por isso é importante saber a diferença entre elas.
Síntese argumentativa: apresenta os principais aspectos do texto original, com opiniões do autor, em forma de argumentos. 
Síntese crítica: apresenta uma crítica ao texto principal, abordando suas falhas e limitações. 
Síntese explicativa: apresenta as principais ideias de um texto de forma neutra, sem opiniões ou argumentos do autor. É o tipo de síntese mais comum.

Como fazer uma boa síntese passo a passo
Agora que você já sabe o que é uma síntese, está na hora de aprender como fazer uma boa síntese na prática. Existem algumas dicas que vão te ajudar a sintetizar qualquer texto com eficiência, para alcançar um resultado de qualidade.

Leia atentamente o texto original
Toda síntese é feita com base em um texto original, que pode ser um artigo, um livro, um ensaio e muito mais. Como o objetivo da síntese é trazer as principais informações da obra, o primeiro passo é fazer uma leitura detalhada.

Aproveite a primeira leitura para marcar no texto todas as ideias que são importantes. Se você tiver acesso a uma versão impressa, poderá usar canetas, lápis ou até mesmo marcadores para destacar essas informações.

Se você terminar a leitura, mas não conseguir entender o texto, vale a pena fazer uma segunda leitura ainda mais atenta. Lembre-se de que a qualidade da sua síntese vai depender da sua capacidade de interpretar corretamente o texto.

Identifique as ideias principais e crie uma conexão
Muitos estudantes não sabem como fazer uma boa síntese. Um dos grandes desafios é identificar os principais pontos da obra. Essa é uma tarefa que exige bastante atenção.

Diferente do resumo, em que as ideias devem aparecer na mesma ordem do texto original, na síntese você pode mudar as coisas de lugar. Por isso, depois que terminar a leitura, anote todos os pontos e ideias principais e faça uma conexão entre elas.

Por exemplo, pode ser que uma ideia que aparece no começo da obra possa estar relacionada com uma ideia que aparece na parte final. Por isso, mais do que apenas escrever as ideias, é preciso relacioná-las entre si.

Escreva a sua síntese
Agora que você já identificou os pontos essenciais do livro e sabe como eles se relacionam, está na hora de colocar a mão na massa. Escreva a sua síntese seguindo uma estrutura, com começo, meio e fim.

É importante não escrever exatamente como o autor. Procure criar suas próprias frases, com sinônimos e expressões equivalentes. Mas nada de enrolação, a síntese é um texto que apresenta apenas o necessário.

Além disso, tome cuidado para não alterar o texto original. A menos que seja uma síntese crítica, não dê a sua opinião, nem crie argumentos novos, que não apareçam no texto original. Você deve ser fiel ao texto.

Use sempre a terceira pessoa, para que a sua síntese seja mais formal e didática. Atente-se também para a pontuação, usando ponto final e vírgula para dividir melhor suas orações.

Formate a sua síntese
Se a sua atividade solicitar a formatação, é importante entregar a síntese dentro do que foi indicado. Geralmente a formatação indica o tamanho da fonte, o número máximo de linhas ou de páginas e a estrutura do texto. 

Outro ponto importante é a referência, que deve ser o texto original que foi sintetizado. Ao final da sua síntese, mencione o nome da obra e o autor correspondente. 

Agora você já sabe como fazer uma boa síntese. Esse é um tipo de texto que exige muita atenção, mas que não é nenhum bicho de sete cabeças. Seguindo as dicas acima você será capaz de escrever um texto de ótima qualidade.

Comentários