13 de dezembro de 2018

Questões Sobre Pronomes


Confira Exercícios Com Gabarito Sobre Pronomes:


1. (VUNESP - 2016) Assinale a alternativa correta quanto à colocação pronominal, conforme a norma-padrão.
a) Quando dão-se conta da situação dos refugiados, as pessoas já põem-se a acolhê-los sem discriminação.
b) No Brasil, vê-se que o número de refugiados não é tão grande. Aceita-os, sem restrição, boa parte da população.
c) Se veem imagens dramáticas dos refugiados na TV. Não trata-se de ficção: é a pura realidade.
d) Têm visto-se turbilhões de refugiados. O mundo os vê se deslocarem em busca de uma vida melhor.
e) Os refugiados buscam uma vida melhor. Discriminaria-os aqueles que desconhecem a solidariedade.



2. (IBFC - 2016) Assinale a alternativa que indica a colocação correta do pronome.
a) Estas atividades são para mim fazer.
b) Estes trabalhos chegaram para eu.
c) Para eu, a prova estava muito difícil.
d) Para mim, a lição deverá demorar um pouco mais.



3. (Cesgranrio - 2017) O termo destacado foi utilizado na posição correta, segundo as exigências da norma-padrão da língua portuguesa, em:
a) A poluição do ar será irreversível, caso as medidas preventivas esgotem-se.
b) Os cientistas nunca equivocaram-se a respeito dos perigos do uso de combustível fóssil.
c) Quando as substâncias tóxicas alojam-se no meio ambiente, causam danos aos seres vivos.
d) Se as fontes de energia alternativa se esgotarem, poderemos sofrer sérias consequências.
e) Uma das exigências do mundo atual é que o ser humano sempre mantenha-se em dia com as atividades físicas.



4. (Cesgranrio - 2016) O pronome oblíquo está colocado de acordo com a norma-padrão em:
a) Eles estão por toda parte, mas ninguém nota-os.
b) Vivemos em uma sociedade que pouco se importa com essa questão.
c) Encontraremo-los em muitas cidades.
d) Nos sensibilizamos, porém nada fazemos.
e) É preciso trabalhar para que resolva-se o problema.



5. (IBFC - 2016) Das opções abaixo, assinale a única que apresenta corretamente a colocação do pronome.
a) Esqueci de te contar que vi ele na rua.
b) Nunca pode-se falar mal de quem não conhece-se
c) Esta situação se-refere a assuntos empresariais.
d) Precisa-se de bons funcionários.



6. (Mackenzie) A colocação do pronome oblíquo está incorreta em:
a) Para não aborrecê-lo, tive de sair.
b) Quando sentiu-se em dificuldade, pediu ajuda.
c) Não me submeterei aos seus caprichos.
d) Ele me olhou algum tempo comovido.
e) Não a vi quando entrou.



7. (PUC-MG) Encontramos pronome indefinido em:
a) "Muitas horas depois, ela ainda permanecia esperando o resultado."
b) "Foram amargos aqueles minutos, desde que resolveu abandoná-las."
c) "A nós, provavelmente, enganariam, pois nossa participação foi ativa."
d) "Havia necessidade de que tais ideias ficassem sepultadas."
e) "Sabíamos o que você deveria dizer-lhe ao chegar da festa."



8. (Cesgranrio) Marque a opção em que a forma pronominal utilizada está INCORRETA.
a) É difícil, para mim, praticar certos exercícios físicos.
b) Ainda existem muitas coisas importantes para eu fazer.
c) Os chinelos da aposentadoria não são para ti.
d) Quando a aposentadoria chegou, eu caí em si.
e) Para tu não teres aborrecimentos, evita o excesso de velocidade.



9. (UFAM) Assinale o item em que há erro no emprego do pronome pessoal:
a) Recebidas as mangas, os meninos as repartiam irmãmente entre si.
b) Sempre me presenteava livros, dizendo-me que era para eu adquirir o hábito da leitura.
c) Estas deliciosas balas de mangarataia, eu as trouxe para ti levares ao Píndaro.
d) Os altruístas pensam menos em si e mais nos outros.
e) Leve o jornal consigo, Acácio. Já o li desde cedo.



10. (Fuvest) Assinale a alternativa onde o pronome pessoal está empregado corretamente:
a) Este é um problema para mim resolver.
b) Entre eu e tu não há mais nada.
c) A questão deve ser resolvida por eu e você.
d) Para mim, viajar de avião é um suplício.
e) Quando voltei a si, não sabia onde me encontrava.



11. (TFT-MA) "O individualismo não a alcança." A colocação do pronome átono está em desacordo com a norma culta da língua, na seguinte alteração da passagem acima:
a) O individualismo não a consegue alcançar.
b) O individualismo não está alcançando-a.
c) O individualismo não a teria alcançado.
d) O individualismo não tem alcançado-a.
e) O individualismo não pode alcançá-la.



12. (UFMA) Identifique a oração em que a palavra “certo” é pronome indefinido:
a) Certo perdeste o juízo.
b) Certo rapaz te procurou.
c) Escolheste o rapaz certo.
d) Marque o conceito certo.
e) Não deixe o certo pelo errado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário